News

Facebook lança novos recursos de privacidade para grupos de saúde

O Facebook está tentando corrigir o modo de como tratar com dados sensíveis, com o lançamento de uma nova ferramenta de apoio à saúde projetada para ajudar os usuários a encontrar os grupos certos para atender suas necessidades e preocupações de saúde.

Inaugurado na conferência anual F8 do Facebook, o fundador Mark Zuckerberg abriu o evento com uma palestra centrada na privacidade e como a empresa pretende fazer uma “mudança fundamental na forma como construímos produtos e administramos nossa empresa”.

“Através de novos grupos de apoio à saúde, os membros podem postar perguntas e compartilhar informações sem que seu nome apareça em um post.” , disse Fidji Simo, chefe do aplicativo do Facebook durante a conferência

A designação de “grupo de saúde” é uma nova função e provavelmente vem em resposta a relatórios recentes que criticaram como o aplicativo lida com dados de saúde.

Em uma denúncia à Comissão Federal de Comércio, um grupo de especialistas em privacidade de saúde acusou o Facebook de enganar os usuários sobre suas políticas de privacidade – mesmo em grupos com uma designação “fechada”. Tornada pública em fevereiro, a denúncia de 43 páginas alegou que a plataforma de mídia social “solicitou enganosamente que os pacientes usassem o produto ‘Grupos’ para compartilhar informações pessoais de saúde sobre seus problemas de saúde”.

O grupo também acusou a empresa de não proteger os dados sensíveis de saúde enviados por seus usuários, que foram expostos ao público. Enquanto isso, um relatório do Wall Street Journal descobriu que vários aplicativos compartilham dados confidenciais de usuários com o Facebook, muitas vezes sem o consentimento do usuário.

Em resposta, o Facebook está atualmente sendo investigado pelo Procurador Geral de Nova York, que chamou a prática de “um abuso escandaloso de privacidade”.

Enquanto um relatório recente da WEGO Health descobriu que 98% dos 400 usuários pesquisados ​​ainda usam o Facebook, os novos recursos de privacidade podem não ser suficientes para os líderes de privacidade e segurança.

Juntamente com as políticas de privacidade, é necessário um sistema de proteção de privacidade abrangente e federal, bem como regulamentação e supervisão de dados.