News

Gadgets que podem ajudar na saúde do coração

Cada vez mais a tecnologia tem apresentado novas soluções médicas, mas é preciso ter cautela na hora de adotar alguma delas, principalmente no que se refere a aplicativos. O cardiologista Diego Garcia afirma que é ótimo ver como a tecnologia está contribuindo com o avanço médico, mas que é sempre preciso verificar se aquela solução foi validada cientificamente e lembrar que ela deve ser usada como um complemento e não substituir exames tradicionais e o acompanhamento médico.

“Muitos aplicativos não são funcionais e não possuem validação. O melhor é optar pelos gadgets que tem comprovada eficácia”, comenta o especialista. Ele ainda explica que há ferramentas atualmente não só para a avaliação de frequência cardíaca, mas também realização eletrocardiograma, saturação sanguínea e pressão arterial. Entre os indicados pelo cardiologista estão:

Apple Watch

Um estudo realizado pela Apple e Universidade de Stanford com 419.093 participantes mostrou que o dispositivo é eficiente para identificar alterações no ritmo cardíaco. Cerca de 0,5% de todos os participantes – mais de 2.000 pessoas – receberam notificações alertando sobre irregularidades no ritmo cardíaco durante o estudo.

O Apple Watch Série 4, última versão do relógio, não foi incluso na pesquisa, mas segundo a marca ele é capaz de realizar um teste semelhante ao eletrocardiograma tradicional e não faz apenas a mensuração da frequência cardíaca. “A funcionalidade é muito interessante porque quando o paciente sentir algum sintoma, ele pode realizar uma gravação do ritmo do coração e compartilhar com o médico. Assim podemos ver se o que ele sente é um quadro de arritmia ou não”, comenta o cardiologista Diego Garcia. Além disso o relógio pode ainda detectar episódios de arritmia em pessoas sem sintomas e alertá-las para que elas possam procurar um médico. Trata-se de uma ferramenta inovadora acoplada no relógio mais vendido no mundo atualmente.

AliveCor

A AliveCor é uma empresa pioneira de ECG móvel e saúde digital. Eles possuem aprovação da FDA (agência do Departamento de Saúde dos EUA) e estão com dois produtos muito interessantes, o KardiaMobile e o KardiaBand.

O KardiaMobile realiza um eletrocardiograma em apenas 30 segundos. A startup também realizou testes clínicos para comprovar a eficácia do produto. O resultado mostrou que 56% dos participantes receberam um diagnóstico dentro de uma média de 9,5 dias, contra os 43 dias dos pacientes que utilizaram os métodos tradicionais. O dispositivo é bem compacto e transfere os dados para um aplicativo no celular.

 

O Kardiaband é uma pulseira que é acoplada ao Apple Watch e também é capaz de realizar um eletrocardiograma. O interessante é que você pode trocar sua pulseira pelo Kardiaband, sem a necessidade de troca do relógio, funcionando em todas as séries do Apple Watch.

Outros dispositivos

Existem outros dispositivos que mensuram a saturação de oxigênio no sangue e também aferição de pressão arterial. Estes são dispositivos digitais que fazem a medição e enviam os dados para aplicativos de celulares. Esses aplicativos guardam todo o histórico de medições, além de gerarem automaticamente gráficos e relatórios.