News

Hospital Evangélico de Vila Velha migra para Office na nuvem

A AEBES, Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense, por meio do Hospital Evangélico de Vila Velha, migrou 100% dos e-mails e a suíte de aplicativos para escritório para a nuvem com o Office 365 da Microsoft, sob o modelo SaaS (Software as a Service – Software como Serviço), contratado da Brasoftware.

A AEBES, associação sem fins lucrativos, é gestora de três importantes hospitais no Estado do Espírito Santos  – Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV), hospital próprio; a Maternidade Municipal de Cariacica (MMC); além do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neve (HEJSN), em Serra, o maior hospital público na região. O grupo conta com cerca de 2,8 mil funcionários diretos, número que aumentou nos últimos anos com o crescimento da instituição. Esse fato reforçou a necessidade de uma infraestrutura de TI de ponta para suportar a demanda. O principal motivo da adoção do Office 365 foi adequar os produtos e facilitar a administração do software de produtividade e mensageria, que ganhou segurança, alta disponibilidade, padronização dos aplicativos e agilidade.

“Quando iniciamos as primeiras ideias do projeto, nossa necessidade principal era apenas a padronização dos produtos Microsoft utilizados pelo HEVV. Tínhamos diversas versões de programas diferentes e que não eram compatíveis. Nessa busca por soluções, visualizamos o Office 365 na nuvem como uma excelente opção. Fizemos um estudo minucioso e verificamos que, na época, se comprássemos o Office vendido em “caixinha”, por exemplo, até seria mais barato, mas já correríamos o risco de, praticamente no ato da compra, o produto ficar obsoleto. A escolha pelo correio arquivado na nuvem foi uma enorme vantagem por se manter com a versão sempre atualizada, mediante contrato de licenciamento com a Brasoftware”, declarou Fabrício Fávaro, diretor de Tecnologia e Inovação do Grupo AEBES.

O Office 365 garante a atualização do sistema à medida que novas versões são disponibilizadas pela Microsoft. Outra vantagem importante para o projeto foi a implementação do Exchange para o servidor de e-mail. O HEVV não contava com serviço de correio eletrônico interno. Buscar essa centralização era um investimento necessário e iminente. No Office 365, o Exchange veio suprir essa necessidade, levando as contas para a nuvem, que, além de prover alta disponibilidade, também reduz custos com servidor de e-mail.

Além dos desafios que uma migração como essa normalmente traz, outro quesito enfrentado pelas equipes foi uma mudança de paradigma da própria associação. A AEBES tem a inovação em seu DNA, sempre adquirindo tecnologias de ponta para os hospitais, mas o investimento em nuvem ainda era algo novo e que poderia trazer certa resistência no início.

“A AEBES é uma instituição tradicional, mas que enxerga a inovação como algo muito positivo. Apresentar uma tecnologia inovadora como esta naturalmente cria um embate cultural. Foi um desafio grande e impactante. Mas estudamos muito sobre o assunto e sabíamos que o futuro era a migração para a nuvem, então decidimos encarar e desenvolver este projeto internamente junto à superintendência. O resultado dos nossos esforços foi gratificante e conseguimos mostrar as vantagens e ganhar o voto de confiança para seguirmos adiante”, comentou Fávaro.

Sobre a AEBES

A Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense – AEBES – foi fundada em 1956, fruto da união de membros das igrejas Batista, Presbiteriana do Brasil, Presbiteriana Unida, Metodista, Cristã Casa de Oração e Confissão Luterana. As igrejas escolhem entre seus membros representantes para compor a Assembleia Geral da AEBES, órgão máximo na estrutura organizacional.

O Hospital Evangélico de Vila Velha, com mais de 40 anos de experiência em gestão de saúde, foi idealizado por seus fundadores, membros de seis Igrejas instituidoras que, em sete de outubro de 1972, viram materializado o sonho de oferecer à população capixaba uma instituição hospitalar com padrão de atendimento de qualidade. Gerido pela Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense – Aebes – entidade civil sem fins lucrativos e de caráter filantrópico, assistencial e educacional, o hospital é referência para Urgência e Emergência Cardiovascular em dor torácica.

O serviço conta com clínico geral, cardiologistas e hemodinamicistas em plantão presencial 24 horas e utiliza como ferramenta o Protocolo de Manchester, adotado nacionalmente no atendimento de Urgência, que prioriza a gravidade do quadro clínico e não a ordem de chegada do paciente ao Pronto-Socorro. A estrutura física é composta de um Pronto-Socorro, Centro de Terapia Intensiva e leitos de retaguarda. O hospital Evangélico é habilitado pelo Ministério da Saúde em alta complexidade nas seguintes especialidades cirúrgicas: Cardiovascular; Cirurgia Bariátrica; Endovascular Cardíaca; Neurocirurgia; Oftalmologia; Oncologia; Ortopedia e Traumatologia. Transplantes: Rim; Córnea; Tecidos, músculo e esquelético. O hospital é habilitado ainda em média complexidade, nas seguintes especialidades: Cabeça e Pescoço; Estética Reparadora; Geral; Proctológica; Torácica; Urológica; Vascular. E na especialidade clínica: Cardiologia; Gastroenterologia; Geral; Infectologia; Nefrologia; Oncologia; Pneumologia; Psiquiatria. Possui atualmente 233 leitos.

Patrocínio Silver

Parceiros Institucionais

Realização