News

Mesa Digital de Anatomia melhora ensino de instituições de saúde

A ENG DTP & Multimídia, fornecedor de soluções para a área de educação, comercializa a Mesa Digital de Anatomia para os cursos de saúde como: medicina, veterinária, enfermagem, educação física, fisioterapia, entre outros, garantindo uma melhor avaliação do MEC, pois comprova que a Instituição está investindo em novas tecnologias, o que contribuiu para uma formação de qualidade do curso.

Trata-se de uma estação para ensino em saúde, multitoque, totalmente desenvolvida para o estudo de Anatomia em Português, e que possibilita a visualização e compartilhamento de imagens DICOM (Digital Imaging and Communications in Medicine ou Comunicação de Imagens Digitais em Medicina).

A nova tecnologia permite aos profissionais de ensino de saúde, além de contar com os estudos de anatomia, realizar a análise de casos reais com imagens DICOM. Com a Mesa Digital de Anatomia podem realizar medições, cortes e avaliações de tecidos, além de colorizações para destaques de vasos sanguíneos, órgãos e determinados tecidos e partes do corpo.

As imagens DICOM podem ser inseridas no sistema gerando análises e planejamentos, exatamente como são feitos no dia a dia de clínicas e hospitais, possibilitando a avaliação das necessidades e apresentando as soluções viáveis, através de aulas mais dinâmicas e interativas, utilizando áudio e visual como método de ensino.

Os benefícios da Mesa Digital de Anatomia são muitos: “entendemos que haverá uma significativa melhora no processo de ensino aprendizagem, pois o equipamento permite a utilização de qualquer software educacional que roda em plataforma Windows, em especial softwares de mapas anatômicos em 3D, além de possibilitar que os alunos tenham a vivencia do uso das imagens DICOM, que deverá ser sua rotina profissional”, comenta Álvaro Venegas.

Através da Mesa Digital é possível que o professor receba em tempo real um exame de imagem de uma pessoa ou animal, no caso do curso de medicina veterinária, e praticar todo o tratamento dessas imagens em 3D, com a possibilidade de dissecar o órgão capturado na imagem.

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) é o indicador oficial que analisa fatores como a qualificação dos professores, a infraestrutura disponível para os alunos e os recursos didático-pedagógicos empregados em sala de aula. Essa nota é dada a graduações de todo o Brasil pelo MEC, podendo variar de 1 a 5.

A solução já está em pleno funcionamento em diversas Instituições de Ensino Superior. A ENG prevê um incremento de 1 a 2 pontos na nota do MEC.