News

Oftalmologia é a especialidade médica mais procurada pelos paulistanos, segundo Consulta do Bem

O Consulta do Bem, site e aplicativo que contribui para melhorar o acesso das pessoas à saúde de qualidade, realizou um levantamento com 37.740 entrevistados em São Paulo durante o ano de 2017 e descobriu as especialidades médicas mais procuradas pela população. Na primeira posição, e com grande distância para o segundo colocado, está a especialidade de Oftalmologia. Em sequência, aparecem as quatro especialidades no topo do ranking: Ginecologia e Obstetrícia, Clínica Geral, Dermatologia e Cardiologia.

A grande busca por oftalmologistas pode ser explicada pelo aumento de doenças visuais na população. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), há dez anos o número de crianças que precisavam de óculos era de 10%, mas, atualmente, esse número corresponde a 20%. O Censo Oftalmológico de 2014, último a ser realizado no País, revelou que 2,5 milhões de brasileiros possuem doenças oculares por causas evitáveis, ou seja, doenças que poderiam ser total ou parcialmente prevenidas por ações efetivas dos serviços de saúde, como catarata e glaucoma.

“A prevenção é sempre a melhor solução. Realizar um check-up anual é fundamental porque tratar uma doença logo no início pode evitar complicações e agravamento da doença”, analisa Marcus Gimenes, CEO do Consulta do Bem e médico cirurgião cardiologista.

TOP 5: Especialidades médicas mais buscadas em 2017
Oftamologia 27%
Ginecologia e Obstetrícia 8%
Clínica Geral 7%
Dermatologia 5%
Cardiologia 4%

O Consulta do Bem é uma alternativa que pode ajudar a população a ter acesso a todos os serviços de saúde com qualidade. Por meio de uma assinatura mensal de R$ 29,90 (plano individual) ou de R$ 39,90 (plano familiar para até quatro pessoas), é possível encontrar médicos especialistas, clínicas, laboratórios, hospitais, consultas, exames, vacinas e até cirurgias, com valores acessíveis, sem filas de espera ou burocracias desnecessárias. Sem o auxílio do site, o preço particular cobrado aos pacientes chega a ser até 70% mais caro e sem negociações disponíveis.

Uma consulta com um dos médicos cadastrados no Consulta do Bem custa entre R$ 58 e R$ 150, não ultrapassando o valor mais alto. “Estamos falando de médicos que só atendem no particular e que abrem a sua agenda para atender aos clientes do Consulta do Bem. O profissional pode estar localizado a poucos metros da sua casa ou ser o especialista de preferência. Hoje temos mais de 2.500 médicos cadastrados na nossa plataforma”, complementa.

Patrocínio Silver

Parceiros Institucionais

Realização