News

SAP Labs desenvolve programa de inovação para atuação de startups

A SAP Labs Latin America, em parceria com a Unitec (Unidade de Inovação e Tecnologia da Unisinos), ambas de São Leopoldo, RS, lançou o .idea, um programa inédito de empreendedorismo para alavancar novos negócios e fortalecer o Brasil e a América Latina como hub de desenvolvimento de soluções inovadoras em diferentes setores do mercado, com ênfase em Internet das Coisas (IoT).

“O .idea foi concebido para inverter o modelo tradicional de programas para startups que até hoje investiu em ideias, muitas vezes ainda desconectadas de problemas reais, para só depois encontrar o mercado adequado”, salienta Daniel Duarte, executivo chefe de Inovação e Experiência do Cliente da SAP Labs Latin America. “Com o mapeamento de problemas reais de indústrias de vários segmentos, o .idea vai abrir oportunidades para empreendedores de toda América Latina se inscreverem para desenvolver soluções de IoT específicas”.

O programa – que é inteiramente gratuito – aceita a participação de empresas, clientes ou não, de qualquer porte e segmento, desde que proponham desafios concretos de seus segmentos de negócio. A meta da iniciativa é ter vários .idea – entre eles o agro.idea, retail.idea, social.idea, saúde.idea – a cada três meses. Segundo Duarte, esse formato vai complementar os demais programas de empreendedorismo da SAP no mundo, onde mais de 4,5 mil startups desenvolvem aplicações na plataforma SAP HANA.

A primeira área escolhida foi a de Saúde, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre – Instituto Santa Casa de Ensino e Pesquisa, que após uma consulta com várias áreas das instituições, definiu os assuntos que serão alvo do desafio às startups interessadas: relacionamento com médicos, relacionamento com pacientes, captura de dados beira-leito usando computação visual, direcionamento de Enfermagem ( alocação e visão da carga de trabalho das equipes de enfermagem) e gestão de filas na área de cirurgia.

Segundo explica Oswaldo Luis Balparda, diretor administrativo do Hospital, a instituição conta com algumas soluções de mercado para essas áreas, mas a expectativa é que surjam soluções inovadoras com uso de novas tecnologias, como Inteligência Artificial, Machine Learning, IoT, entre outras, que consumam menos recursos de infraestrutura e tenham custos mais baratos, pois a Santa Casa atende 67% de pacientes pelo SUS e carrega uma déficit de orçamento contínuo.

Luis Felipe Maldaner, presidente da Tecnosinos e diretor da Unitec, explica que o desenvolvimento do setor de saúde tornou-se relevante para a instituição, que teve aprovada esse ano a criação do seu primeiro curso de Medicina. E também pelo projeto de estabelecimento de uma indústria de biomedicina na região, uma mercado com potencial de R$ 2 bilhões de demanda e um novo mercado de trabalho para estudantes e startups.

Programa .Idea: como funciona

Uma vez definidos os temas dos desafios, a SAP Labs, a Unitec e a empresa participante vão divulgar, por seus canais de comunicação, os prazos e link para as startups interessadas se inscreverem. Uma banca de especialistas vai selecionar e aprovar as ideias de 10 empresas inscritas, que deverão desenvolver um produto minimamente viável em seis meses. Depois disso, elas são novamente submetidas à avaliação do corpo técnico do Labs, e três delas são escolhidas e incubadas durante 12 meses para chegarem ao produto final.

Durante todo o processo, as startups contam com o apoio, ferramentas e mentoria necessários da SAP Labs, além de espaço físico de coworking  e cursos especiais proporcionados pela Unitec, entre eles como abrir um negócio; como fazer boas apresentações;  modelo de negócios, entre outros. Além disso, terão acesso a grupos de investidores e programas internacionais de empreendedorismo.

Para as empresas, por sua vez, a mentoria da SAP às startups significa uma garantia de que as soluções encontradas têm robustez e qualidade. A SAP Labs conta com um time de certificação de produtos de parceiros que irá atestar gratuitamente, com o selo da SAP, que os produtos foram desenvolvidos e aprovados. O selo servirá como garantia, em todo o mundo, que a solução se conecta aos produtos SAP.

O .idea também pretende trabalhar em parcerias com outras incubadoras, do Brasil ou da América Latina para fomentar o ecossistema de soluções de Internet das Coisas que possam ser integradas na plataforma da SAP.

Patrocínio Silver

Parceiros Institucionais

Realização