News

SAP Labs e Incor desenvolvem solução voltada para UTIs

Um sistema para registrar a situação clínica de pacientes internados em uma UTI de hospital. Este foi um dos protótipos inovadores desenvolvidos, nos últimos meses, por meio de competições promovidas pela SAP Labs Latin America Latina: Olimpíada da Inovação (Innoweeks), SAP InnoMarathon e SAP Next-Gen Consulting Hackaton. Essa solução foi criada com base nas tecnologias de Internet das Coisas (IoT) e Big Data.

As iniciativas contaram com a participação de estudantes universitários, desenvolvedores e empresas parceiras da SAP, além dos próprios clientes da multinacional, que serão beneficiados com as soluções.

Três minutos é o tempo necessário de atendimento para salvar a vida de um paciente em parada cardiorrespiratória internado em uma UTI (Unidade de Terapia intensiva). A urgência e a complexidade por trás dessa estatística foi a base do desenvolvimento da solução Smart Care Unit, da equipe Saúde, a grande vencedora da olimpíada da inovação, a Innoweeks. A solução foi desenvolvida pela SAP durante dois meses, com o apoio do Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo). O time concorreu com outros projetos com os temas: Cidades Inteligentes e Utilidades e Serviços.

O Incor é líder latino-americano no desenvolvimento e na aplicação de novas técnicas em diagnóstico e em tratamento clínico e cirúrgico em cardiologia e pneumologia. Para se ter uma ideia da dimensão do Instituto, somente em suas unidades de terapia intensiva, são cerca de mil pacientes críticos atendidos por mês, em sua maioria pelo SUS (80%), para recuperação pós-cirurgia ou clínica. É a maior UTI cardiopneumológica de alta complexidade da América Latina, com cerca de 160 leitos.

Utilizando um monitor hospitalar similar aos disponíveis nas UTIs do Incor, a equipe Saúde instalou um minicomputador (middleware), que, com a tecnologia de processamento de informações em tempo real SAP HANA, por meio da plataforma SAP Connected Health, integrou diversos dados dos pacientes, provendo informações mais precisas e facilitando a tomada de decisão dos integrantes das equipes médicas.

Desde o momento da internação na UTI, a solução apresenta um score de risco, apontando os níveis de gravidade de saúde do paciente. Também monitora e alerta sobre status da administração de drogas vasoativas e indica exames e culturas pendentes. Inclui ainda alarme de tendência programada, protocolos e/ou diretrizes disponíveis, a partir do diagnóstico e escores de risco, e resumo do quadro clínico do paciente. Dados que permitem às equipes de UTI tomarem decisões terapêuticas mais rápidas e precisas, assegurando uma maior segurança do paciente.