Blog News

A tecnologia como aliada na gestão da saúde nas empresas

O custo do benefício saúde está cada vez mais alto e as companhias não estão conseguindo financiar esse recurso. As empresas buscam diariamente o equilíbrio entre um bom plano de saúde, que atenda de forma satisfatória sua população, e que mantenha as metas de gastos dentro do planejado.  A tecnologia é, sem dúvida, uma aliada muito forte para o sucesso dessa empreitada.

Existem ferramentas de Business Intelligence (BI) ótimas que permitem que a empresa tenha um profundo e detalhado conhecimento de sua carteira e de como o benefício está sendo utilizado – pelos funcionários e também pelos dependentes, já que aproximadamente 65% dos gastos com o benefício saúde são originados da utilização de serviços pelos dependentes. Esses indicadores, quando bem trabalhados, são determinantes para uma eficaz logística da saúde.

Já existem no mercado sistemas desenvolvidos especificamente para permitir que a empresa faça a gestão completa da saúde de sua população.  Essas plataformas centralizam os dados fornecidos pela empresa, operadora de saúde e outros benefícios, como o “Benefício Farmácia e Saúde Ocupacional”. Além disso, permitem ao gestor da empresa ter acesso, em tempo real, aos dados sobre a saúde dos funcionários em um ambiente web, para que ele possa tomar decisões e traçar estratégias mais assertivas.

Outra frente de atuação é o trabalho junto aos colaboradores para o uso mais responsável e consciente do benefício saúde. Ações educacionais podem ser desenvolvidas. A desinformação é a grande vilã. A melhor forma de educar é por meio de uma comunicação direta e eficaz, que trate o indivíduo de forma particular.

E hoje em dia, com a popularização dos smartphones, as empresas têm uma excelente ferramenta nas mãos. O celular é um aliado tanto para a comunicação como para o monitoramento de pacientes. Por meio dele é possível, por exemplo, lembrar o paciente de que ele precisa tomar sua medicação ou mesmo questioná-lo sobre a interrupção de um tratamento. Ou ainda aliá-lo a uma central médica, orientada a preservar e melhorar a qualidade de vida dos funcionários.

As possibilidades são muitas. A tecnologia está aí para otimizar os recursos, facilitar o compartilhamento de informações e contribuir para a melhora da sua saúde e das estratégias da empresa. Basta utilizá-la de forma inteligente!

Charles Lopes, formado em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica, com especializações em Psicologia da Criança e do Adolescente e Psicanálise pelo CEMEPSI (Centro de Medicina Psicológica de Ipanema) e, também, possui graduação e pós-graduação em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou por cinco anos como Psicólogo Clínico no CEMEPSI e por mais cinco em cargos de gerência de Marketing em operadoras de benefícios de grande porte. Atualmente é sócio-diretor da B2Saúde Consultoria.