News

Uso de TI melhora serviços de saúde e educação no Caribe

As tecnologias de informação e comunicação (TIC) são uma ferramenta importante para aumentar a eficiência dos setores produtivos das economias em mais de 30 mercados do Caribe. Além de diminuir o prazo dos processos governamentais e agilizar pedidos de documentos da população, uma consequência da adoção de uma plataforma de governo eletrônico, as TIC estão sendo implementadas para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos Caribenhos, de acordo com o estudo: As TIC para o desenvolvimento no Caribe, uma publicação recente da 5G Americas.

“Os órgãos governamentais dos mercados Caribenhos devem incentivar o uso e adoção dos serviços de banda larga fixa e móvel. Para a população, a tecnologia permite consultar médicos localizados em outras regiões, usar recursos digitais educacionais para complementar as informações disponíveis em salas de aula e aprimorar a indústria de serviços para atrair clientes fora da região do Caribe”, disse José Otero, diretor da 5G Americas para a América Latina e o Caribe.

Penetração dos serviços móveis por habitante em mercados específicos do Caribe (2016)

“Inovações como a ‘História Clínica’ em Barbados, ou o aplicativo disponível em Trindade & Tobago para auxiliar cegos, são práticas que pretendem melhorar a qualidade do atendimento médico. Outros exemplos incluem o uso das TIC para estimular a educação em Cuba e o teletrabalho ou trabalho remoto nas Ilhas Virgens Britânicas” explicou Otero.

O estudo ressalta a necessidade de manter estratégias que impulsionem a conectividade no mercado, como a disponibilidade de espectro radioelétrico, a flexibilização dos requisitos burocráticos para o desenvolvimento das redes de telecomunicações e a redução da carga tributária sobre componentes de rede e terminais de acesso.

Patrocínio Silver

Parceiros Institucionais

Realização