Escolha uma Página

Os ensaios clínicos de fase 1 para uma vacina contra o coronavírus foram iniciados no Instituto de Pesquisa em Saúde Kaiser Permanente Washington (KPWHR), de acordo com uma declaração do National Institutes of Health norte-americano.

A vacinação em investigação, financiada em parte pelo Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, começou na semana passada, administrando a primeira imunização a um adulto saudável entre 18 e 55 anos de idade. No total, o estudo clínico de fase 1 registrará 45 adultos que se encaixam nesse critério e investigará os resultados durante um período de seis semanas.

O ensaio clínico de fase 1 analisará especificamente a segurança de diferentes dosagens da vacina, bem como a resposta imune que a vacina, chamada mRNA-1273, provoca nos participantes do estudo.

A vacina usa RNA mensageiro, ou mRNA, que deve fazer com que as células do corpo expressem uma proteína viral. Ao fazer isso, deve provocar uma resposta imune maciça no corpo humano. Até agora, a vacina mostrou-se promissora em testes em animais. Este ensaio clínico é o primeiro teste em participantes humanos.

Este estudo em humanos analisará os efeitos de diferentes dosagens de vacina. Os participantes do estudo serão designados para receber uma dose de 25 ou 100 microgramas ao longo de duas sessões de vacinação, cada uma com 28 dias de intervalo. Entre as doses, os líderes do estudo avaliarão continuamente a segurança de certas dosagens.