News

Digisystem apresenta IoT aplicada ao monitoramento na Hospitalar

A Digisystem participa da Feira Hospitalar 2019, que acontece do dia 21 a 24 de maio no Expo Center Norte, em São Paulo, com soluções que empregam tecnologias de ponta como Internet das Coisas (IoT) para saúde. O objetivo é apresentar às instituições de saúde a expertise da Digisystem enquanto parceira para a jornada da transformação digital neste segmento.

De acordo com Alexandro Croce, diretor executivo de Inovação e Tecnologias Avançadas da Digisystem, “a aplicação de tecnologia traz hoje grandes melhorias na qualidade dos serviços e do atendimento nos hospitais, proporcionando benefícios na área clínica, no relacionamento entre médico e paciente, assim como nos processos de gestão. Neste evento, apresentaremos Soluções de Negócios que respondem as demandas dos hospitais hoje, porque impactam diretamente no atendimento aos pacientes como a redução de riscos de quedas em leitos e a orientação na circulação dentro do ambiente hospitalar”, explica Alexandro.

IoT para saúde

Em parceira com a TechData, a Digisystem apresentará duas Soluções de Negócios baseadas em tecnologias avançadas (IoT e GPS). A primeira delas, intitulada Digifall, realiza o monitoramento de pacientes com risco de queda nos leitos e utiliza o conceito IoT, ou internet das coisas, combinando recursos como sensores, inteligência artificial, analytics e dashboards. Diante de números alarmantes de quedas de pacientes em hospitais, com índices que podem variar de 1,4 a 13,0 quedas para cada 1.000 pacientes-dia, a Digisystem oferece uma tecnologia que evita a ocorrência desse tipo de incidente. Por meio de sensores de pressão nos colchões e nas grades das macas, acompanhados por câmeras de calor, o Digifall aponta, em tempo real, se o paciente está deitado, sentado ou se está fora da cama. Caso haja risco de queda, o sistema alerta imediatamente a enfermaria.

A segunda solução que será destacada no evento é o Asset Tracking, desenvolvida com a finalidade de orientar os pacientes em sua circulação dentro do edifício hospitalar, para que encontrem o local correto para a realização de procedimentos. O recurso também pode ser aplicado pela área administrativa do hospital na gestão de ativos e localização dos equipamentos e outros objetos.