News

Fórum debate principais desafios do uso da tecnologia na saúde dia 2 de setembro

A 10ª edição do Fórum de Saúde, no dia 2 de setembro próximo, vai debater os atuais desafios pelo quais passa o setor, reunindo painéis sobre uso de tecnologia para maior eficiência dos planos de saúde; telemedicina e monitoramento de pacientes; cybersegurança e proteção de dados; engajamento e jornada dos pacientes.

Veja os palestrantes confirmados em cada painel. Novos nomes serão confirmados em breve:

Telemedicina e Monitoramento – as diferentes modalidades de uso da telemedicina e monitoramento de pacientes apresentam grandes oportunidades de transformação dos serviços de saúde pública e privada do país, mas que tem de superar barreiras regulatórios e adoção de novos modelos de negócios.

*Fernando Paiva, vice-presidente de transformação digital da Carenet

*Dr. Koshiro Nishikuni, neurocirurgião do Hospital Santa Cruz

Segurança e Proteção de Dados – há ano para entrar em vigor, a LGPD impõe uma nova cultura de trabalho, controles mais rigorosos e metodologias para garantir o compliance dos sistemas, que devem ser protegidos por um ambiente tecnológico seguro e livre de vulnerabilidades.,

*Luis Fernando Prado, sócio e Fábio Aspis, advogados da Daniel Advogados

*Aloisio Marinho, especialista de Cybersegurança na Trend Micro

Gestão da Saúde Suplementar – como soluções de big data, analytics, inteligência artificial, etc, podem ajudar o setor de planos de saúde a superar quedas de receitas e rentabilidade, criar portfólios inovadores de serviços, atrair novas gerações de consumidores, atender os desafios dos departamentos de recursos humanos das empresas no atendimento e satisfação de seus colaboradores.

*Dr. Ricardo Ramos, presidente da ASAP e VP da Funcional Health Tech

*Erika Fuga, diretora de Sinistro Saúde da SulAmérica,

*Caroline Arede, co-fundadora da Oli Saúde

*Paula Bianca Minikovski Coelho, CEO da Qualirede

Engajamento e Jornada dos pacientes – cada vez mais é importante usar tecnologias para motivar os cuidados de saúde e apoiar a jornada do paciente, com o objetivo de melhorar os indicadores de saúde, diminuir procedimentos desnecessários, obter melhores resultados e sustentabilidade do setor.

*Fábio Pires, lead customer experience specialist da Doctoralia.