News

Google confirma aquisição da Fitbit por US$ 2,1 bilhões

A Alphabet, holding controladora do Google, e a Fitbit anunciaram o negócio nesta sexta-feira, 1, em um comunicado conjunto. Ela vai comprar a empresa norte-americana que junta tecnologia e saúde por US$ 2,1 bilhões.

Segundo Rick Osterloh, sênior vice-presidente de Devices & Services, “acreditamos que a tecnologia está no seu melhor quando pode desaparecer em segundo plano, ajudando você durante todo o dia sempre que precisar. Dispositivos vestíveis, como relógios inteligentes e rastreadores de fitness, fazem exatamente isso – você pode ver facilmente onde está sua próxima reunião com apenas um olhar ou monitorar sua atividade diária diretamente do seu pulso”.

“Ao longo dos anos, o Google fez progressos com parceiros nesse espaço com o Wear OS e o Google Fit, mas vemos uma oportunidade de investir ainda mais no Wear OS e de introduzir no mercado os dispositivos vestíveis Made by Google. A Fitbit foi pioneira no setor e criou produtos, experiências e uma comunidade de usuários. Trabalhando em estreita colaboração com a equipe de especialistas da Fitbit e reunindo IA, software e hardware, podemos ajudar a incentivar a inovação em wearables e a criar produtos para beneficiar ainda mais pessoas em todo o mundo”, explica.

O comunicado diz ainda que “o Google aspira a criar ferramentas que ajudam as pessoas a aprimorar seu conhecimento, sucesso, saúde e felicidade. Esse objetivo está intimamente alinhado ao foco de longa data da Fitbit no bem-estar e na ajuda às pessoas a viver vidas mais saudáveis e ativas. Mas, para fazer isso direito, privacidade e segurança são fundamentais. Quando você usa nossos produtos, confia no Google com suas informações. Entendemos que é uma grande responsabilidade e trabalhamos duro para proteger suas informações, colocá-lo no controle e dar transparência a seus dados. Assim como nossos outros produtos, com dispositivos de vestir, seremos transparentes quanto aos dados que coletamos e por quê. Nunca venderemos informações pessoais a ninguém. Os dados de saúde e bem-estar do Fitbit não serão usados para anúncios do Google. E daremos aos usuários do Fitbit a opção de revisar, mover ou excluir seus dados”.