News

Hospital Israelita Albert Einsten inaugura unidade da Rede Universitária de Telemedicina

O Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) vai inaugurar no próximo dia 13, a sua unidade da Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), que é coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). A inauguração no Albert Einstein, hospital paulista referência em atendimento na América Latina, encerra as ações de 2019 da Rede, que completa 14 anos, com a expressiva marca de 139 unidades no país.

Estarão presentes o presidente do HIAE, Sidney Klainer; o diretor-geral da RNP, Nelson Simões; o coordenador da Telemedicina no HIAE, Eduardo Cordioli; e o coordenador nacional da RUTE, Luiz Ary Messina; além de outros responsáveis pela iniciativa. O evento contará com dois momentos especiais: uma palestra curta, via videoconferência, do professor de Harvard, Joe Barkai, que é autor de importantes livros sobre novas oportunidades com tecnologias emergentes e modelos de negócio; e a sessão inaugural do SIG Ciência de Dados e Inteligência Artificial (CiDIAS), com o tema: “Ética, Segurança e Governança de Dados para Ciência de Dados.

Segundo o coordenador da unidade RUTE no Einsten, Dr. Eduardo Cordioli, se tornar membro da Rede irá possibilitar a troca de informações e conhecimentos acadêmicos. “A RUTE vai possibilitar o compartilhamento de conhecimento com outras instituições de ensino e saúde. Afinal, o hospital também é um centro acadêmico. Poderemos compartilhar dados, discutir casos e debater atendimentos com os profissionais da RUTE”, aponta.

Edson Amaro, coordenador do SIG CiDIAS, ressalta a importância deste feito na história da instituição. “Acreditamos que este será um marco na gestão da saúde pública e privada. Permitirá́ a geração de insights e de conhecimentos baseados em dados complexos para criação de modelos preditivos e prescritivos de referência replicáveis, expansíveis e escaláveis nos diversos domínios da saúde e regiões do país”, afirma o coordenador.

Nos encontros promovidos pelo SIG, serão traçadas as estratégias de organização de dados (Big Data); análise avançada de dados (Inteligência Artificial) e processos de transformação da prática médica (Medicina de Precisão). No hospital, as sessões do SIG serão realizadas em conjunto com o setor de Big Data do HIAE, com participação aberta para todos os interessados.