News

Novos hospitais participam de projeto para reduzir a lotação nas emergências

O Projeto Lean nas Emergências, que tem como objetivo reduzir a superlotação dos serviços de urgência e emergência do SUS, chega ao 4º ciclo. Para essa fase, foram selecionados 40 hospitais de 18 estados. A partir de fevereiro essas unidades de saúde começam a receber as visitas das equipes do Hospital Sírio-Libanês, parceiro do Ministério da Saúde no Lean nas Emergências.

Nos últimos seis meses, mais 20 hospitais do SUS participaram do 3º ciclo do Projeto Lean nas Emergências. As unidades apresentaram um resultado médio de redução de 43% do indicador de superlotação, 39% no tempo para chegada em um leito de internação hospitalar e 37% na redução do tempo de passagem pela urgência até a alta. Isso significa, que o paciente que busca atendimento nessas emergências fica em média quase 12 horas a menos no pronto-socorro, considerando o período desde a entrada na unidade.

Para o secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, o Projeto Lean nas Emergências veio para atender uma grande demanda, que é diminuir a superlotação nas portas de entrada dos serviços de saúde de Urgência e Emergência do SUS, por meio da melhoria da capacidade operacional, da organização dos fluxos e processos de trabalho e principalmente do envolvimento da equipe com a gestão do hospital. “Com certeza todas essas ações trazem um atendimento mais resolutivo e com qualidade para os pacientes que utilizam os serviços do SUS”, explica o Secretário.

A iniciativa é uma parceria do Ministério da Saúde com o Hospital Sírio Libanês e faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) para o triênio de 2018 a 2020. Outros 57 hospitais já passaram pelo processo de intervenção.

Veja a lista dos 40 hospitais selecionados:

Rio Branco

Hospital Geral das Clínicas de Rio Branco

Manaus

Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto

Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado

Hospital e Pronto Socorro Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo

Salvador

Hospital Eládio Lasserre

Fortaleza

Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes

Hospital Infantil Albert Sabin

Vila Velha

HIMABA – Hospital Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves

Goiânia

Hospital de Urgências de Goiânia – HUGO

Anápolis

Hospital de Urgências Dr. Henrique Santillo

São Luis

Hospital Municipal Dr. Odorico Amaral de Matos – Hospital da Criança

Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão

Belo Horizonte

Hospital João XXIIII

Hospital Risoleta Tolentino Neves

Contagem

Hospital Municipal de Contagem

Juiz de Fora

Hospital de Pronto Socorro Dr. Mozart Geraldo Teixeira – HPS

Campo Grande

Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian

Marabá

Hospital Municipal de Marabá

Belém

Hospital Pronto Socorro Municipal Mario Pinotti

João Pessoa

Complexo Hospitalar de Mangabeira Tarcísio de Miranda Burity

Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho

Teresina

Hospital Getúlio Vargas

Londrina

Hospital Evangélico de Londrina

Campina Grande do Sul

Hospital Angelina Caron

Porto Velho

Hospital Estadual de Pronto Socorro João Paulo II

Hospital Infantil Cosme e Damião de Porto Velho

São Leopoldo

Fundação Hospital Centenário de São Leopoldo

Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre – HPS

Santa Maria

Hospital Universitário de Santa Maria

Passo Fundo

Hospital São Vicente de Paulo

Florianópolis

Hospital Infantil Joana de Gusmão

Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina

Aracaju

Hospital Governador João Alves Filho

Cotia

Hospital Regional de Cotia

Campinas

Hospital de Clínicas da UNICAMP

Indaiatuba

Hospital Augusto de Oliveira Camargo

São Paulo

Hospital Municipal Dr. Carmino Caricchio

Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya

Itapecerica da Serra

Hospital Geral de Itapecerica da Serra

Cantaduva

Hospital Padre Albino.