News

Odontoclinic aumenta 64,75% número de clínicas em cinco anos

A Odontoclinic, rede nacional de franquias de clínicas odontológicas, anuncia crescimento de 64,75% em cinco anos em número de unidades. Somente em 2019, a companhia cresceu 18,2%, passando de 170 para 201 clínicas. Os dados demonstram o potencial desse segmento para quem busca oportunidades de empreender.

A rede vem apresentando crescimento em novas unidades abertas superior a 10% a cada ano. De 2015 a 2016 passou de 122 clínicas para 135, aumento de 10,7%. No ano seguinte, saltou para 151, incremento de 11,9%. Em 2018, atinge 170 clínicas, 12,6% superior ao ano anterior e, no ano passado, fechou com 201 clínicas.

A maioria dos empreendedores hoje é composta por não dentistas. De acordo com dados da franqueadora, 42,4% das franquias são lideradas por empreendedores não dentistas, 35,4% por dentistas e 22,2% por sociedades mistas. A maior parte dos franqueados, 70%, possui mais de uma unidade.

A franqueada Malina Sega Crepaldi tem quatro clínicas, na região de Americana, interior de São Paulo. Começou trabalhando como dentista na Odontoclinic em Americana, em 2001, mais tarde tornou-se sócia e hoje conta com quatro unidades. “A boa rentabilidade das clínicas e o sistema de gestão oferecido pela Odontoclinic nos permitiu ganhar escala e crescer rapidamente”, conta.

Em Taguatinga, no Distrito Federal, foi inaugurada em fevereiro a primeira unidade local, a partir da visão empreendedora dos sócios Suelen Livia, Benitez Silva, Fabíola Bruno e Claider Fernandes. “Quando estudamos o modelo de franquias da Odontoclinic, identificamos um investimento extremamente viável por atender a uma demanda local por uma clínica que oferecesse toda a gama de serviços odontológicos”, conta Fernandes. Para o empresário, a rentabilidade média de 20% também foi um diferencial na escolha da franquia.

De acordo com o franqueado, contar com uma rede de franquias forte, nacional, que tem sua marca associada à excelência de serviços e respeito aos clientes é um atrativo natural para os pacientes.

“Seguimos focados em transformar a experiência de ir ao dentista ao oferecer serviços de alta qualidade de forma acessível.  Em 2020, acreditamos que esse movimento deve se manter: empreendedores de diferentes setores têm visto o segmento odontológico e a Odontoclinic, em especial, como uma opção rentável de negócio. Entendemos, também, que nosso investimento constante em tecnologia, gestão e capacitação do franqueado são fatores que têm chamado atenção dos investidores”, explica Lucas Romi, vice-presidente da Odontoclinic e responsável pelo projeto de expansão.