Blog News

RH no setor de saúde: entenda o papel da tecnologia para vencer os desafios da área

É comum dizer que os funcionários são os principais ativos de uma empresa e, no caso do setor de saúde, em que o capital humano é fundamental para garantir o bem-estar dos pacientes, a veracidade dessa sentença é clara desde o momento em que o paciente cruza a porta da recepção.

Diante disso, o RH tem um papel fundamental. Se em outras indústrias a presença de profissionais altamente treinados e engajados já é essencial para garantir bons resultados de negócio. No caso do setor de saúde, bons níveis de engajamento e qualificação são aspectos básicos quando a responsabilidade pela vida de outras pessoas faz parte da rotina diária.

Atender às necessidades dessa força de trabalho, no entanto, não é tarefa simples para o RH, que enfrenta uma série de desafios relacionados à busca por mais eficiência nos processos, mão de obra qualificada e segurança para as informações. Para vencer esses obstáculos, os avanços da tecnologia para dar agilidade às tarefas e integrar informações vão ser fundamentais.

Busca por eficiência

A busca por otimização de recursos e mais eficiência para os procedimentos do RH precisa ser uma constante. É comum que as instituições de saúde acabem deixando de lado este e outros departamentos que prestam serviços aos colaboradores, porém, cuidar desse aspecto é essencial para evitar problemas como falta de motivação entre os funcionários.

Para isso, é importante contar com as tecnologias certas, capazes de atender não apenas as questões humanas, mas também as demandas operacionais. Além de ferramentas de engajamento, investir em um sistema de gestão de documentos do RH é fundamental para automatizar tarefas e gerir com mais agilidade o grande volume de dados dos funcionários, reduzindo o tempo e os recursos necessários para recrutar e fazer o onboarding dos novos colaboradores.

Diante deste cenário, soluções de gestão de recursos humanos são cada vez mais comuns, porém, a maioria desses softwares não conta com funcionalidades robustas de gestão documental (como monitoramento de compliance, boas capacidades de auditoria e permissões de segurança adicionais). Por isso, os sistemas de gestão documental, que podem se integrar facilmente às soluções de gestão do RH, são aquisições importantes para que o RH possa atender às necessidades dos profissionais de saúde com mais agilidade.

Segurança das informações

Garantir o compliance das informações no setor de saúde é um desafio não apenas por causa das regras específicas que o setor precisa atender, mas também porque boa parte das instituições de saúde enfrentam altas taxas de rotatividade e contam com muitos funcionários temporários, além de múltiplos escritórios que precisam lidar com uma papelada complexa.

Sistemas de gestão documental garantem que informações sensíveis de funcionários sejam protegidas em todos os estágios, permitindo que o RH esteja à frente de todos os requisitos de compliance e privacidade, evitando falhas que podem resultar em fraudes e roubos de identidade.

A importância dos dados digitalizados e integrados

A grande rotatividade de funcionários acaba gerando um número crescente de documentos que, claro, precisam ser armazenados de alguma forma. Por isso, cada vez mais instituições de saúde estão movendo para a nuvem, conforme mostrou um estudo da Markets and Markets, que previu que o uso da nuvem deve triplicar entre até 2020.

Ao digitalizar os documentos, o RH reduz a papelada e, consequentemente, os gastos com armazenamento físico, e a guarda digital na nuvem elimina o tempo gasto pelos profissionais no acesso, aumentando a produtividade.

Apesar de ser mais conservador do que outras indústrias na adoção de novas tecnologias, o setor de saúde está mudando rapidamente, e não só os profissionais de saúde sofrem a pressão, mas também o RH. Os avanços tecnológicos, como as soluções de gestão documental, vão ser fundamentais para aliviar essa pressão e garantir que as instituições de saúde economizem tempo e recursos.

Juliana Ferreira, diretora de RH da Access.